logo insp copy

pesquisa
ptenfr

Assembleia Mundial da Saúde reúne em Genebra os principais líderes do mundo para deliberar sobre o tema «Saúde para todos: compromisso com a cobertura sanitária universal»

O Ministro da Saúde e Segurança Social, Arlindo do Rosário, lidera a delegação de Cabo Verde

Praia, 22.MAIO.2018.- Cabo Verde está presente na Assembleia Mundial da Saúde (WHA) através de uma delegação integrada pelo Ministro da Saúde e Segurança Social, a Diretora Nacional da Saúde e o Embaixador de Cabo Verde na Suíça. Sob o lema «Saúde para todos: compromisso com a cobertura sanitária universal», decorre de 21 a 26 de Maio na sede da Organização Mundial da Saúde (OMS), em Genebra, a 71ª edição da AMS.

33216320 1844210372291004 1682839942591414272 o

Durante a WHA será aprovado o XIII Programa Geral de Trabalho da OMS com foco na meta de alcançar a cobertura sanitária universal, e que permitirá desenvolver um leque de ações estratégicas para salvar 29 milhões de vidas até 2023 e ajudar aos países a alcançar as suas metas de saúde recolhidas nos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS). Serão ainda abordados temas chave de atualidade na promoção da saúde, tais como os sistemas de saúde centrados nas pessoas, as emergências em saúde, o acesso a serviços sanitários para refugiados e migrantes, o plano de ação global para vacinação, a obesidade e malnutrição, a poliomielite, a atividade física, a escassez de medicamentos e vacinas, as doenças de vetores e as doenças cardíacas reumáticas, entre outros assuntos.

"Estamos diante de uma Assembleia de Saúde decisiva. Por ocasião do 70º aniversário da OMS, celebramos sete décadas de progresso na saúde pública que acrescentaram 25 anos à expectativa de vida global, salvaram milhões de vidas de crianças e fizeram grandes avanços na erradicação de doenças mortais como varíola e, em breve, a poliomielite”, destacou o Dr. Tedros, Diretor Geral da OMS, durante a inauguração da WHA.

"Mas a última edição das Estatísticas Mundiais da Saúde mostra que ainda há um longo caminho a percorrer. Muitas pessoas continuam morrendo de doenças evitáveis, sendo empurradas para a pobreza para poder pagar as suas despesas de saúde e sem conseguir aceder aos serviços de saúde de que precisam. Isso é inaceitável ", acrescentou.
O Programa Geral de Trabalho da OMS, concebido para enfrentar esses desafios e acelerar o progresso em direção aos ODS, é o resultado de 12 meses de discussões com países, especialistas e parceiros, e centra-se nos objetivos dos "três mil milhões": cobertura universal de saúde para mais mil milhões de pessoas, melhor proteção para emergências de saúde para mais mil milhões, e melhor saúde e bem-estar para mais mil milhões.

A WHA é o principal órgão de governança da OMS, que se reúne anualmente para decidir as principais linhas orientadoras da organização, congregando aos líderes dos 194 estados membros, assim como um grande número de observadores provenientes de organizações da sociedade civil, corporações e outras instituições internacionais.
O Assembleia nomeia o Diretor Geral, supervisiona as políticas financeiros da OMS e aprova os orçamentos por programa. Igualmente, examina os informes do Conselho Executivo, orientando-o nos assuntos que possam requerer a adoção de medidas, estudos, pesquisas ou relatórios.

No ano passado, a WHA elegeu por primeira vez um Diretor Geral africano, o Dr. Tedros Adhanom Ghebreyesus, natural da Etiópia. A partir dessa data, uma gama de ambiciosas reformas estão a ser desenvolvidas na OMS, incluindo a Agenda de Transformação do Secretariado da OMS na Região Africana, 2015 – 2020. Esta agenda pretende promover uma organização regional de saúde com capacidade de antecipação, proactiva, orientada para resultados, transparente, responsável e dotada de recursos humanos e materiais adequados para realizar o seu mandato.

O Secretariado da OMS está composto por cerca de 8.000 pessoas, especialistas em saúde e áreas relacionados, trabalhando na sede, nos seis escritórios regionais e nos escritórios dos países. Em Cabo Verde a OMS tem o seu escritório que executa os programas de assistência técnica ao Governo. A Organização é dirigida pelo Diretor Geral, que é nomeado pela WHA por proposta do Conselho Executivo.

Para mais informações, visite: http://www.who.int/es/asamblea-mundial-de-la-salud/asamblea-mundial-de-la-salud
Fotografias da 71ª WHA estão disponíveis em: http://www.who.int/es/asamblea-mundial-de-la-salud/asamblea-mundial-de-la-salud/fotos-del-dia-2
O discurso de inauguração do Diretor Geral encontra-se disponível em: http://www.who.int/dg/speeches/2018/opening-world-health-assembly/en/
Agenda da 71ª WHA: http://apps.who.int/gb/ebwha/pdf_files/WHA71/A71_1Rev1-en.pdf
Documentos que vão ser revistos: http://apps.who.int/gb/s/s_wha71.html
Vídeo em direto da 71ª WHA: http://www.who.int/world-health-assembly/seventy-first
Biografia sucinta do Diretor Geral: http://www.who.int/dg/tedros/biography/en/
Última edição das Estatísticas Mundiais da Saúde: http://www.who.int/gho/publications/world_health_statistics/2018/en/
Contato para entrevistas em Cabo Verde: 260 19 00