𝐈𝐍𝐒𝐏 𝐩𝐚𝐫𝐭𝐢𝐜𝐢𝐩𝐚 𝐧𝐨 𝐰𝐨𝐫𝐤𝐬𝐡𝐨𝐩 𝐝𝐞 𝐂𝐨𝐨𝐩𝐞𝐫𝐚𝐜̧𝐚̃𝐨 𝐒𝐮𝐥-𝐒𝐮𝐥 𝐝𝐨 𝐏𝐫𝐨𝐣𝐞𝐭𝐨 𝐑𝐞𝐠𝐢𝐨𝐧𝐚𝐥 𝐝𝐞 𝐏𝐫𝐞𝐩𝐚𝐫𝐚𝐜̧𝐚̃𝐨 𝐩𝐚𝐫𝐚 𝐏𝐚𝐧𝐝𝐞𝐦𝐢𝐚𝐬 𝐧𝐚 𝐂𝐄𝐃𝐄𝐀𝐎

Decorreu na Cidade da Praia um workshop sobre a criação de um sistema de prevenção e controlo orientado para a abordagem “Uma Só Saúde” promovido pela Cooperação Alemã para o Desenvolvimento, Programa Regional de Preparação para Pandemias (RPPP), em colaboração com a Organização de Saúde da África Ocidental – Centro Regional de Vigilância e Doenças Controlo (OOAS/RCSDC) e a Fundação SORMAS.
Este evento tem como intuito de reforçar a vigilância digital de doenças em toda a África Ocidental, utilizando o Sistema de Análise e Gestão de Resposta a Surtos de Vigilância “SORMAS”, onde contou com a presença de instituições e organizações, incluindo a Organização de Saúde da África Ocidental – Centro Regional de Vigilância e Doenças Controlo (OOAS/RCSDC), representantes dos países e potenciais parceiros técnicos e financeiros, como a Fundação SORMAS, numa tentativa de reforçar a vigilância das doenças em toda a região.
As plataformas digitais, como a ferramenta SORMAS permitam fazer uma deteção precoce das emergências em dar uma resposta atempada e eficiente a riscos e ameaças em Saúde Pública, por isso, implementar está plataforma é muito importante para Cabo Verde tendo em conta as vulnerabilidades do país de entre as quais as mudanças climáticas”.
A plataforma SORMAS já foi desenvolvido em alguns países da nossa Região como Gana e Nigéria, cujos representantes estiveram no workshop numa perspetiva de partilha de experiência. Para a PCA do INSP Cabo Verde tem feito algum trabalho para a implementação de vigilância baseada em eventos (VBE) criando capacidades como o treinamento de e epidemiologistas de campo, existência de centro de operações de emergência em saúde pública, uma rede articulada de saúde pública de entre outras.
O workshop teve a duração de quatro dias.

Outras Relacionados

calendario-post-midias
01
IMG_5947 - Copy
01 - Copy