logo insp copy

ptenfr

Informações de Saúde na Região CEDEAO

carte cdeao440 copy copy

 

O Boletim Epidemiológico da Organização Oeste Africana de Saúde (OOAS) traz informações sobre principais epidemias que estão a ocorrer na Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) e no mundo.

Na semana epidemiológica 4, os destaques foram na situação epidemiológica da Febre de Lassa em Serra Leoa, atualizações sobre as epidemias de vírus de Ébola na Republica Democrática do Congo e do novo coronavírus na China e no mundo.

O vírus da Febre Lassa é transmitido através o contato direto com roedores infetados ou fluidos corporais duma pessoa infetada

mundo rato africano

Entre as semanas epidemiológicas 1 e 4 de 2020, foram registados um total de 275 casos confirmados da Febre de Lassa (253 na Nigéria, 21 na Libéria e 1 em Serra Leoa) e 49 óbitos (41 na Nigéria, 7 na Libéria e 1 in Serra Leoa) foram reportados na CEDEAO. A doença é ligada com baixo nível de saneamento nas comunidades afetadas que resulta num aumento de exposição/interação entre os seres humanos e os roedores.

Medidas de prevenção da Febre Lassa incluíram:

Promover boa higiene ambiental e pessoal (evitar surtos de roedores em residências, evitar contato dos roedores com alimentos, manter alto nível de saneamento básico entre outros),

Evitar o contato com o sangue e fluidos corporais de uma pessoa com Febre de Lassa.

Evitar a transmissão hospitalar das infeções nos serviços de saúde, os profissionais de saúde devem observar todas as precauções necessárias para prevenir a transmissão da infeção ao cuidar de pacientes.

Enquanto a situação epidemiológica do novo Coronavírus (2019-nCov), ate 03 de fevereiro de 2020, 17,238 casos foram confirmados na Republica Popular da China incluindo 2,296 casos graves e 361 óbitos. Foram reportados 150 casos confirmados em 23 países, do continente Asiático, na Europa e na América do Norte. Apenas o continente Africana e América do Sul continuam sem casos.

Ainda não foi notificado nenhum caso confirmado na região da CEDEAO. O único caso suspeito notificado na nossa região foi de Cote d´Ivoire, cujos resultados foram negativos pelo novo Coronavírus.

As medidas básicas da prevenção incluíram:

  • Evitar contato próximo com pessoas com sintomas respiratórios;
  • Lavar as mãos regularmente com água e sabão ou desinfetar com soluções à base de álcool.
  • Pessoas com sintomas de infeção respiratória aguda devem seguir a etiqueta da tosse (mantenha distância, cubra a boca e o nariz com lenços descartáveis ou com cotovelo dobrado ao tossir e espirrar e lave as mãos).
  • Evitar contato com animais, vivos ou mortos;
  • Nas estruturas de saúde, melhorem a prática padrão de prevenção e controle de infeções, particularmente em serviços de emergência.

Para mais informação, consultem:

https://www.wahooas.org/web-ooas/en/publications-et-recherches/bulletins-epidemiologiques

https://apps.who.int/iris/bitstream/handle/10665/330744/OEW05-270102022020.pdf

https://www.ecdc.europa.eu/en/geographical-distribution-2019-ncov-cases

https://www.who.int/emergencies/diseases/novel-coronavirus-2019/situation-reports/

https://www.who.int/emergencies/diseases/novel-coronavirus-2019

https://www.cdc.gov/coronavirus/2019-ncov/cases-in-us.html