logo insp copy

ptenfr

Actualização da pandemia de COVID-19

Siga o mapa mundial em tempo real  Mapa Mundo COVID-19 clique aqui

mapa

 

Segundo o Relatório diário da OMS  https://www.who.int/docs/default-source/coronaviruse/situation-reports/20200310-sitrep-50-covid-19.pdf?sfvrsn=55e904fb_2 de 10 de março 

 Mundo: 

13.702 CASOS CONFIRMADOS

4.012 MORTES

China:

80. 924 CASOS CONFIRMADOS

3.140 MORTES

Fora da China:

32.721 CASOS CONFIRMADOS

872 MORTES

109 PAISES E REGIÕES AFETADAS.

 

Cabo Verde

Em Cabo Verde até a presente data não foi identificado nenhum caso confirmado de COVID-19 e o Ministério da Saúde e da Segurança Social está a acompanhar com atenção a evolução da situação a nível internacional e nacional.

Na segunda-feira 02 de março, o Ministro da Saúde e da Segurança Social, Arlindo do Rosário deu uma conferência de imprensa a partir de São Vicente, a notificação um caso suspeito naquela ilha. Entretanto os testes laboratoriais deram negativo para este caso.  

Desde o início da Epidemia, o Ministério da Saúde e Segurança Social tem feito encontros regulares com uma equipa técnica alargada de intervenção rápida para analisar a situação no país e trabalhar a fase de preparação e resposta rápida perante qualquer situação relacionada no país. A equipa técnica alargada de intervenção rápida é composta por profissionais do Ministério da Saúde, Ministério da Agricultura e Ambiente, Proteção civil, Agência de Aviação Civil, Polícia Nacional, entre outras Entidades. o Instituto Nacional de Saúde Pública tem intensificado as ações de comunicação e informação da população sobre o novo coronavirus (COVID-19) e as medidas preventivas a adotarem. As ações tem sito extenssiva em todo o território nacional  atarvés de atividades das Delegacias de Saúde nos municipios. Ao nivel da cidade da Praia os materiais de informação estão sendo destribuidos para as instituições públicas e privadas, empresas, OMGs, universidades, escolas e igrejas além de comunicações na televisão, rádios e nas páginas web do Instituto Nacional de Saúde Pública e nas redes sociais https://www.facebook.com/saudepublica.cv/

O Ministerio da Saúde e da Segurança Social tem implementado desde o início da epidemia, um forte sistema de vigilância nos portos e aeroportos do país, onde estão dipsoniveis profissionais de saúde a fazer a vigilância dos voos que chegam a Cabo Verde, através de disponibilização de informações, deteção da temperatura dos passageiros entre outras medidas.

Portugal tem até o momento 30 casos confirmados de coronavirus. A Itália ja contabiliza 9.172 casos e 463 mortos. Na União Europeia 52 paises e territórios já notificaram casos de coronavirus.

 

Continente Africano

O continente Africano, tem até 10 de março 36 casos confirmados de COVID-19 sendo 20  na Argelia, 4 no Senegal 2 na Nigeria, Africa do Sul 7 casos, Camarões 2, e Togo 1 Caso. 

No espaço CEDEAO, região em que Cabo Verde faz parte com outros 14 países,  a Nigeria tem 2 casos. O Senegal, país mais próximo de Cabo Verde registou o seu primeiro caso na segunda-feira 03 de março e até o momento tem registo de 4 casos confirmados. 

A Organização Oeste Africana da Saúde (OOAS) informou que tem seguido atentamente a situação e trabalha ativamente para preparação e resposta a ocorrência da pandemia na região.

 

Decisões saídas da Reunião de Emergência dos Ministros de Saúde da CEDEAO

Teve lugar no último dia 14 de fevereiro, em Bamako (Mali) uma reunião de emergência dos Ministros de Saúde da CEDEAO onde saíram algumas decisões:

  1. Reforçar a coordenação, a comunicação e a colaboração entre os Estados membros em matéria de preparação para a pandemia de COVID19, incluindo a colaboração transfronteiriça;
  2. Reforçar as medidas de vigilância e gestão do COVID-19, em particular nos pontos de entrada (via aérea, terrestre e marítima);
  3. Reforçar a comunicação para que a população possa receber as informações necessárias, apropriadas e oportunas sobre a pandemia;
  4. Reforçar com urgência as capacidades nacionais essenciais para o diagnóstico e o tratamento dos casos;
  5. Elaborar um plano estratégico de preparação regional, com previsão de despesas, com baseadas nas prioridades dos Estados membros que serão financeiros pelos governos, parceiros e sector privado;
  6. Promover esforços nacionais multissetoriais a partir da abordagem uma só saúde
  7. Implementar medidas concretas para garantir a disponibilidade dos consumíveis médicos essenciais, incluindo o material de laboratório e os equipamentos de proteção individual na região;
  8. Trabalhar em estreita colaboração com as autoridades competentes de governos nacionais e governo chines, para a vigilância do estado de saúde e assegurar o bem-estar dos nossos cidadãos residentes na China.

 

À população apela-se a adoção de medidas de prevenção recomendadas como:

  1. Lavagem frequentemente das mãos com sabão e água corrente e/ou utilizar álcool gel;
  2. Ao tossir e espirrar, cobrir a boca e o nariz com cotovelo ou lenço descartável depois colocar num balde de lixo tapado e lavar as mãos imediatamente; Caso esteja com gripe, e seja possível, utilize também uma máscara;
  3. Em contato com pessoas doentes ou com possíveis superfícies ou objetos infetados, evitar tocar na boca, nariz e os olhos, sem lavar as mãos;
  4. Evitar contato próximo com quem tem febre e tosse;
  5. Evitar viajar para as áreas aonde foram notificados casos de doença pelo COVID-19. Caso tenha que ir, deverá, além de tomar precauções acima referidas evitar visitar mercados aonde haja presença de animais vivos ou mortos, evitar o contato direto desprotegido com animais vivos e superfícies em contato com animais bem como o consumo de produtos de origem animal crua ou mal cozidos;
  6. Caso tenha febre, tosse e dificuldade em respirar, contacte o serviço de saúde através do nº 8001112;

O Ministério da Saúde e da Segurança Social colocou a disposição da população o número verde 8001112, para que as pessoas em caso de sentirem sintomas, possam entrar em contato com os profissionais de saúde.