logo insp copy

ptenfr

Visita dos Deputados do Grupo Parlamentar do MPD eleitos para Santiago Sul ao INSP

O Grupo Parlamentar do Movimento para a Democracia (MPD), através dos Deputados da Nação eleitos pelo circulo eleitoral de Santiago Sul, realizaram uma visita, ao Instituto Nacional de Saúde Pública, durante a manhã desta segunda-feira 06 de novembro 2017.

Os deputados Luis Carlos Silva, Lúcia Passos e Emanuel Lopes, foram recebidos pelos Membros do Conselho de Administração do INSP.

Durante esta visita, os deputados puderam conhecer as instalações do INSP, inteiraram-se do funcionamento da instituição, visitaram os departamentos técnicos de Promoção da Saúde, o Observatório Nacional da Saúde e o Laboratório de Entomologia Médica, inaugurado há 6 meses.

Esta visita também permitiu aos deputados nacionais eleitos para o circulo eleitoral Santiago Sul se inteirarem da dinâmica e dos trabalhos que estão sendo realizados pelo INSP, nomeadamente pelo Laboratório de Entomologia Médica sobre os mosquitos através do mapeamento dos criadouros nos municípios da Praia e do Maio e do mapeamento dos casos de paludismo na cidade da Praia, os projetos de investigação em curso, designadamente sobre a Atualização da fauna de culicídeos e sua bioecologia em Cabo Verde, o projeto de Caracterização molecular do plasmodium falciparum, bem como os resultados do estudo sobre a sensibilidade dos mosquitos em relação aos inseticidas utilizados no país, entre outros projetos de investigação que aguardam financiamentos para o arranque.

O Presidente do INSP, Tomas Valdez informou aos deputados sobre os desafios do INSP a curto prazo, que se prendem com a implementação do Laboratório do Controlo de Qualidade de Água e Alimentos, o Observatório Nacional de Saúde, a elaboração do Plano Estratégico do INSP, Estratégia Nacional de Promoção da Saúde, a aprovação do Regulamento Interno, Quadro do Pessoal, Plano de Carreiras, mas também sobre os desafios relacionados com o financiamento para pesquisa, recursos humanos, entre outros.

Em relação as atividades de Promoção da Saúde os deputados inteiraram-se sobre as ações de comunicação de risco efetuados durante os meses de julho a setembro de 2017 e constrangimentos enfrentados pelo INSP para a difusão dos materiais de comunicação, com elevados custos para o instituto Nacional de Saúde Pública.

No final da visita, os Deputados da Nação eleitos pelo circulo eleitoral de Santiago Sul, manifestaram-se satisfeitos com a vista e de acordo com a deputada Lúcia Passos, verifica-se uma dinâmica e muita disposição para persecução dos objetivos, mas é preciso reforçar os meios necessários. O Grupo Parlamentar ainda comprometeu em levar as preocupações levantadas pelo Presidente do INSP, sobre a isenção do IVA nos pagamentos dos serviços de comunicação para saúde, a outros patamares de discussão.

“nós vamos de certa forma passar esta mensagem ao nosso grupo e vermos o que é possível fazer, para que o Instituto possa ver, a curto prazo, os benefícios desta vista” disse o deputado Emanuel Lopes.

Para o deputado Luis Silva, é preciso investir mais para se ter um Instituto Nacional de Saúde Pública de pé, que possa produzir conhecimentos científicos para apoiar e reforçar o Sistema Nacional de Saúde.

IMG 4748 copy

IMG 4770