logo insp copy

ptenfr

Dia Mundial de luta contra o Paludismo assinalado com uma feira de saúde na Praia

Para assinalar o Dia Mundial de Luta Contra o Paludismo (25/04/2019) reuniu-se no polivalente “João Pitata”, da Escola Secundária Regina Silva, bairro da Achadinha, na Cidade da Praia, representantes de várias instituições, juntos com o mesmo objetivo de proporcionar a partilha de conhecimentos e informações alusivo ao paludismo e estratégias de combate sob o lema “Nu Kaba Ku Paludismo Na nos Terra”, “Zero Paludismo Começa Comigo”.

IMG 1657

O Ministro da Saúde e da Segurança Social, Arlindo do Rosário, que presidiu a cerimónia de abertura da Feira de Saúde, falou da importância do dia e salientou que há mais de um ano que em Cabo Verde não tem registado nenhum caso de paludismo devido ao extraordinário trabalho que tem sido realizado pelos técnicos de saúde e também excelentes parcerias com as Câmaras Municipais, ONGs, parceiros nacionais e internacionais.

Segundo Arlindo do Rosário, o Governo está seguros de que é possível sim, atingir a meta de eliminação do paludismo em Cabo Verde no horizonte 2020 e que a contribuição da comunidade é fundamental, pois a eliminação dos focos e viveiros, passa pela ação da cada individuo na sua comunidade.

Esta atividade envolveu várias instituições com intervenções diretas e indiretas na luta contra o paludismo, nomeadamente o Laboratório de Entomologia Médica do INSP que apresentou os Boletins de Vigilância Entomológica realizada em todos o municípios do país, exposição microscópica de mosquitos, larvas, ovos de mosquitos e a tecnologia de transmissão de imagem do microspório para o computador; o INSP participou ainda através do  Departamento da Promoção da Saúde na distribuição de folhetos informativos, cartazes e vídeos sensibilização; Delegacia de Saúde da Praia que expos matérias usadas no terreno para pulverização e controlo; o Centro da Saúde de Achadinha que proporcionou ações de medição da pressão arterial e glicémia; a Câmara Municipal da Praia apresentou os esforços feitos em relação ao saneamento, a reciclagem e o código de postura municipal; o grupo de investigação das doenças tropicais da Universidade Jean Piaget expos sobre no controlo sectórias amostra de ovos, larvas, armadilhas para mosquitos entre outros; a Morabi participou na distribuição de preservativos e realização de teste de HIV, entre outros participantes.

O evento foi realizado pelo Ministério da Saúde e da Segurança Social em parceria com OMS, CCS-SIDA, Ministério do Desporto (programa Mexi Mexe), Escola Secundária Regina Silva e ROTARY- Club.

IMG 1627