logo insp copy

ptenfr

Arranque da Campanha de Vacinação, sob o lema “Todos Imunizados para Zero Covid-19 na Várzea e Arredores”

Uma iniciativa conjunta entre a Associação Juvenil Black Panthers, o Instituto Nacional de Saúde Pública e a Organização Mundial da Saúde, sob o lema “Todos Imunizados para Zero Covid-19 na Várzea e Arredores”, esta campanha inclui duas componentes: a sensibilização que decorre durante duas semanas a partir do dia 18 e vacinação que terá lugar de 24 a 26 de agosto.
 
IMG 1669 copy
Neste contexto, essas intuições promoveram na manhã da terça-feira, 17 de agosto, ação de reforço de capacitação de 25 jovens ativistas em sensibilização e mobilização da população. A sessão de abertura da atividade contou com a presença do Administrador Executivo do INSP, Júlio Rodrigues, da Representante Interina da OMS, Eva Pascoal e do Presidente da Associação Juvenil Black Panthers, Alcides Amarante.
 
O Administrador Executivo do INSP na ocasião aproveitou para felicitar a Associação Black Panthers por essa iniciativa que ao seu ver traduz uma boa prática em saúde, “esses tipos de atitudes devem ser sempre replicados e disseminados, para que no futuro possamos ter a maioria da população vacinada”.
 
Para a Representante Interina da OMS o envolvimento da comunidade em qualquer resposta de emergência de saúde pública é fundamental, pois consiste em reforçar a compreensão da comunidade dos riscos de saúde que está a enfrentar.
 
“Este envolvimento implica a identificação de pessoas chaves que são capazes de transmitir a mensagem de forma a empoderar as comunidades para a mudança de comportamento. Para tal será necessário a conquista da confiança da população”. “Estamos cientes da necessidade de apostarmos na capacitação das comunidades para fortalecer as suas capacidades de resposta a esta pandemia, pois as comunidades são um forte aliado no processo”. .“Esperamos que a comunidade seja fortemente mobilizada e engajada para assim contribuir para o alcance da meta do país”.
 
Por seu turno, o Presidente da Associação Juvenil Black Panthers salientou que através da sensibilização feita pelos jovens ativistas será possível proporcionar confiança da comunidade e o seu engajamento no processo de vacinação.
Na ocasião a comitiva fez uma visita ao espaço determinado para a vacinação, puderam constatar as condições criadas para a realização da campanha.
De salientar que esta formação ministrada pelo INSP e OMS, inclui ainda abordagens temáticas sobre as novas variantes de COVID-19 e outras informações sobre a COVID consideradas relevantes neste contexto de consciencialização das pessoas.