logo insp copy

ptenfr

Artistas da CVMA associam-se campanha de sensibilização para a vacinação contra a COVID-19

No âmbito da campanha de sensibilização para a vacinação da COVID-19 decorreu nos Concelhos de Assomada e do Tarrafal, nesta quinta-feira, 04 de novembro, uma sessão de sensibilização com Artista da CVMA, com objetivo de maximizar a vacinação nesses Concelhos e contribuir para se atingir a meta de 70% nos mesmos.

Esta atividade foi realizada pelo Governo de Cabo Verde e pela Organização da CVMA em articulação com o Instituto Nacional de Saúde Pública, a Direção Nacional da Saúde/Programa Alargado de vacinação e a UNICEF, com vista a reforçar a vacinação nos Concelhos de Tarrafal e Assomada.

A Presidente do Instituto Nacional de Saúde Pública, Maria da Luz Lima, que liderou esta atividade, em conversa com a imprensa enalteceu esta iniciativa que, a seu ver com a maioria da população vacinada “estaremos a ajudar o país a combater com eficácia essa epidemia e a contribuir para a retoma cultural e económica do país” e é neste sentido que aproveitou para agradecer este lindo gesto dos artistas.

“Estamos a trabalhar conjuntamente, com as Delegacias de Saúde para aumentar a taxa de vacinação nestes dois municípios que estão com uma taxa de vacinação baixa comparado ao restantes municípios do país, e não foi ainda atingido o médio mínimo de 70%, explicou Maria da Luz Lima. É neste contexto que a organização de CVMA através de artista se disponibilizou a participar desta campanha”,e, foram montados postos de vacinação nos locais visitados que funcionou concomitantemente com o processo de sensibilização.

Por parte dos artistas e, de acordo com a Organização da CVMA, a atividade foi muito gratificante.

Na ocasião, para além dos contatos diretos com a população os artistas deixaram as seguintes:
Leo Perreira: "Somada dimeu nhos passa nu vacina assim nu protegi nos família"
Cremilda Medina: "É aconselhável nu vacina, nu aderi a es campanha nu ba vacina"
Tareza Fernandes: "Alô alô um ta pidi tudo nhos pa bem vacina"

Com esta atividade espera-se um aumento efetivo da taxa de vacinação nos Municípios contemplados pois verificou-se alguma mobilização das pessoas contactadas para a vacinação tanto para toma a primeira como a segunda dose.